Como é ser um investidor no Brasil?

por Fernando Alves

Este artigo é para você, investidor iniciante, que [quando não está causando a fome na África] sonha em um dia fazer grandes investimentos no Brasil e ganhar muito dinheiro na Bolsa de Valores, oprimindo de sua confortável cadeira de escritório. As operações descritas a seguir não foram verídicas, mas creio que mesmo assim, servem para exemplificar como é ser um investidor por aqui, no Bananal. A história é a seguinte:

Ano passado, no segundo semestre de 2014, fui instruído a realizar um trabalho de conclusão de curso. O trabalho era sobre o mercado financeiro de capitais. Eu tinha que executar uma simulação na Bolsa de Valores realizando compra e venda de ações, e no final do curso apresentar os resultados obtidos. De início, recebi uma carteira com R$ 200 mil de capital para investimentos. Faltava cerca de um mês para as eleições presidenciais. As corretoras previam uma vitória do candidato Aécio Neves. O cenário era o seguinte.
Corretora recomenda carteira com base em vitória de Aécio Neves; confira – InfoMoney
Veja mais em: http://www.infomoney.com.br/…/corretora-recomenda-carteira-…

BTG Pactual recomenda compra de novata na bolsa e espera alta de 40% – InfoMoney
Veja mais em: http://www.infomoney.com.br/…/btg-pactual-recomenda-compra-…

Petrobras é a ação mais recomendada para investir às vésperas da eleição – InfoMoney
Veja mais em: http://www.infomoney.com.br/…/petrobras-acao-mais-recomenda…

Apesar de meu instinto estar me dizendo o contrário, resolvi apostar nas previsões do mercado. Como tinha mesmo um perfil arriscado, e tudo era apenas uma simulação, resolvi seguir por este caminho. Pensei dessa forma, se é para arriscar, então que fosse ao estilo “sangue nos olhos”. Então realizei compras de ações de duas estatais: Banco do Brasil e Petrobras (risco pouco é bobagem). Afinal, eu sabia que, se a candidata Dilma Rousseff perdesse as eleições, sua péssima administração seria substituída por uma administração melhor (ok, menos pior). E sendo ainda mais otimista, apostava na privatização dessas estatais pelo candidato Aécio Neves. O que faria as ações subirem e se valorizarem demasiadamente, e então, eu nadaria no dinheiro feito pinto no lixo. Só que não.

Infelizmente, o final já conhecemos: Dilma wins! O impacto nos meus resultados foram catastróficos e acabei perdendo muito dinheiro. Abaixo um trecho da analise final do trabalho após a imundice vencer.
wpid-textfernando.jpgwpid-texfernan.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

CONCLUSÃO

Com base em uma analise fundamentalista, analisamos que o mercado estava prevendo uma potencial melhoria devido às previsões de vitória do candidato Aécio Neves para ocupar o palácio do planalto como presidente da república, que, caso se concretizasse, viria em sua administração presidencial a privilegiar a política econômica e o mercado financeiro, com uma diretriz guiada para uma política industrial adequada, como a criação, pelo estado, de um ambiente favorável a competição, com as regras de jogo claras e perenes, iguais para todos, associada à perseguição de ganhos de produtividade, por sua vez conquistados a partir de simplificação tributária, investimentos em infraestrutura, melhor capital humano (mais educação) e aumento da quantidade de capital por trabalhador, além de também indicar um nome conservador ou liberal para o Ministério da Fazenda, promovendo reajuste no combustível, aumento na Selic e ajuste fiscal para dificultar os empréstimos e corte de gastos.

Ante à proposta de sua rival Dilma Rousseff, que demonstrava ter um plano de governo populista de gestão da economia, privilegiando o social por meio do assistencialismo, tendo como objetivo segurar os preços e a taxa de emprego artificialmente. Mas consequentemente aumentando a dívida do Tesouro com a Caixa Econômica para impedir o desemprego do setor de construção civil, metalúrgico, comércio e automobilístico, além de manter os generosos subsídios do BNDES e do combustível, ocasionando um possível resultado de quebra de estatais que poderiam produzir um efeito em cascata na Bovespa, que viveria um crash histórico. Tudo isso somado ao desemprego alto e hiperinflação, causando uma grave crise econômica com direito a escassez de produtos básicos, com possível impeachment ou intervenção militar.

Por isso escolhemos apostar na previsão do mercado e comprar ações das estatais tendo em vista uma possível derrota da candidata Dilma Rousseff ante sua total incompetência em gestão econômica, e a retomada de um novo governo que viria a corrigir os erros da administração passada amenizando os impactos da eminente crise dando um novo folego para a economia através de uma política liberal com boas parcerias comerciais. Mas pelo resultado final, percebemos que os eleitores, ou pelo menos a sua maioria, não tiveram essa mesma capacidade de discernimento, o que culminou na vitória da candidata Dilma Rousseff do Partido dos Trabalhadores (PT), e em uma queda de 12% das ações do Banco do Brasil, 15% das ações da Petrobras, uma queda de 8% na Bolsa de Valores e um aumento do Dólar para R$ 2,56, na segunda-feira (27) após início das operações, resultando em uma grande perda de valor das ações.

Fim da Analise. Lição aprendida abestado? Sorte que era tudo de mentirinha. Infelizmente não pude falar o mesmo de outros investidores com dinheiro de verdade. Investimentos em estatais e em um país instável, ineficiente, altamente burocrático, incompetente e corrupto como o Brasil? Nunca mais! ‪#‎ficaadica‬. A economia brasileira é assim, imprevisível. Nada é certo. Crises frequentes e rara estabilidade. Como dizia Roberto Campos “O Brasil não corre o menor risco de dar certo.” Meu conselho, leve seu capital para investir em outra nação de economia mais estável e liberal. Ao eleitor brasileiro, o galopante comedor de grama, até Lula 2018.


 

Fernando Alves é estudante de administração e colunista do portal Anarcocapitalismo. Escreve artigos sobre economia, política e sociedade para blogs e sites liberais e libertários.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s