INSS e a ilusão de seguridade

Por Gustavo Messi Todos os regimes autoritários demonstram grande preocupação com a linguagem. Não basta calar o divergente, é necessário distorcer a percepção da realidade. No romance 1984, Orwell foi muito feliz ao demonstrar isso ao descrever a Novilíngua, expressa no lema do “Partido”: “Guerra é Paz; Liberdade é Escravidão; Ignorância é Força”. Apesar do…

O governo não existe

Por Larken Rose Esse texto foi retirado do livro The most dangerous superstition de Larken Rose, ainda sem tradução para o português. A maioria das pessoas acredita que precisemos do “governo”, apesar de reconhecerem também que a “autoridade”, muitas vezes leva à corrupção e ao abuso. Eles sabem que o “governo” pode ser ineficiente, insensível,…

Contra o gradualismo

Por Wendy McElroy É 1858 e você está vivendo em uma cidade do norte dos EUA. Um homem chegou à sua porta com papéis que documentam a posse dele sobre um escravo fugido que você está abrigando. O escravo se joga em seus pés implorando para ficar enquanto o dono do escravo argumenta com você.…

O lento suicídio do Império Romano – gastos crescentes, assistencialismo, privilégios e inflação

Por Lawrence W. Reed e Marc Hyden Se acontece até mesmo com poderosos impérios, por que não pode acontecer com simples nações? Muito antes de pacotes governamentais de socorro a empresas, programas assistencialistas e inflação monetária se tornarem uma rotina, os romanos já haviam vivenciado esquemas semelhantes. Há mais de 2.000 anos. Naquela época, o…

O risco moral criado pelas regulamentações

    Por Jim Goad Desde que o pacote de socorro financeiro foi aprovado, é irritante ouvir a quantidade de “especialistas” que erroneamente culpam o livre mercado pelos nossos recentes problemas econômicos e que, consequentemente, clamam por mais regulamentações. Na prática, mais regulamentações podem apenas piorar ainda mais a situação. É importante entender que reguladores…

Quanto mais liberdade econômica, mais solidariedade e caridade – na teoria e na prática

Por André Pereira Gonçalves Um dos maiores lugares-comuns que ouvimos a respeito da solidariedade é que, sem o estado — ou seja, sem uma agência coerciva que obriga as pessoas a pagarem impostos, os quais serão imediatamente gastos em prol dos mais necessitados —, e sem essa redistribuição forçada de renda comandada pelos burocratas do…

A economia global, a sociedade livre e a necessidade da secessão

A economia global, a sociedade livre e a necessidade da secessão Por Hans-Hermann Hoppe A seguinte entrevista com Hans-Hermann Hoppe foi publicada narevista Wirtschaftswoche, o principal semanário da Alemanha sobre economia e negócios, e foi conduzida por Malte Fischer. Professor Hoppe, ao redor do mundo estamos vivenciando, novamente, uma crescente intervenção do estado tanto na economia quanto…