O lento suicídio do Império Romano – gastos crescentes, assistencialismo, privilégios e inflação

Por Lawrence W. Reed e Marc Hyden Se acontece até mesmo com poderosos impérios, por que não pode acontecer com simples nações? Muito antes de pacotes governamentais de socorro a empresas, programas assistencialistas e inflação monetária se tornarem uma rotina, os romanos já haviam vivenciado esquemas semelhantes. Há mais de 2.000 anos. Naquela época, o…

O coletivismo depende de líderes messiânicos

Por Ludwig Von Mises Segundo as doutrinas do universalismo, do realismo conceitual, do holismo e do coletivismo, a sociedade é uma entidade que vive sua própria vida, independente e separada das vidas dos diversos indivíduos, agindo por sua própria conta e visando a seus próprios fins, que são diferentes dos pretendidos pelos indivíduos. Assim sendo, é…

Os mercados precisam do governo?

Por diversos autores Introdução Os mercados precisam do governo? Praticamente todo economista acredita que sim. Até os pensadores mais libertários sustentam que os mercados necessitam do governo para estabelecer as regras das trocas no mercado e para impor essas regras. Como Milton Friedman disse, “o governo é essencial tanto como um foro para determinar as ‘regras do jogo’…

“Vamos debater as causas da pobreza!”

Por Diversos Autores Um dos passatempos favoritos de sociólogos e demais intelectuais da área social é discutir justamente um dos assuntos menos controversos de toda a área sociológica: as causas da pobreza. Por que a discussão é inócua?  Simples: porque a pobreza é a condição natural do ser humano. Há muito pouco de complicado ou…

O igualitarismo é uma revolta contra a natureza

Por Murray N. Rothbard Introdução à primeira edição Provavelmente, a pergunta que mais me fizeram — com alguma exasperação — ao longo dos anos é: “Por que você não se atém à economia?” Por razões distintas, essa pergunta tem sido endereçada a mim por colegas economistas e por pensadores e ativistas políticos de variadas filiações:…

O fundamento lógico para a privatização total

Por Hans-Hermann Hoppe Tenho três objetivos.  Primeiro, quero esclarecer a natureza e a função da propriedade privada.  Segundo, quero esclarecer a distinção entre “bens comuns” e propriedade e “bens públicos” e propriedade, e explicar o erro estrutural inerente à teoria dos bens públicos e da propriedade.  Terceiro, quero explicar o argumento lógico e os princípios…