Quanto mais liberdade econômica, mais solidariedade e caridade – na teoria e na prática

Por André Pereira Gonçalves Um dos maiores lugares-comuns que ouvimos a respeito da solidariedade é que, sem o estado — ou seja, sem uma agência coerciva que obriga as pessoas a pagarem impostos, os quais serão imediatamente gastos em prol dos mais necessitados —, e sem essa redistribuição forçada de renda comandada pelos burocratas do…

A militarização da compaixão

Por Peter Boettke John Stuart Mill escreveu em seu livro Princípios da Economia Política que “o que frequentemente causa surpresa” em observadores “é a rapidez com que países se recuperam de um estado de devastação; o desaparecimento, em um curto período de tempo, de todos os sinais de prejuízos causados por terremotos, enchentes, furacões e a…

Serviços de defesa no livre-mercado

Por Murray N. Rothbard Economistas têm se referido inúmeras vezes ao “livre-mercado”, o arranjo social de trocas voluntárias de bens e serviços. Mas apesar dessa abundância de tratamento, suas análises têm desconsiderado as implicações mais profundas do livre comércio. Assim, tem havido uma negligência geral do fato de que o livre comércio significa a troca de títulos…

O estado resolve ou cria conflitos?

Hans-Hermann Hoppe “Se as pessoas querem viver juntas e pacificamente, então é impossível evitar o recurso da tomada coletiva de decisões, o que significa que decisões não-unânimes terão de ser impingidas.  E como os interesses de todos os indivíduos não podem ser absolutamente idênticos, então é necessário haver uma agência com poderes coercitivos capaz de…

O que o capitalismo não é

Por Diogo Costa Foi Karl Marx quem cunhou o depreciativo termo “capitalista” para identificar um sistema econômico que havia recebido de Adam Smith uma expressão mais descritiva e bonita: “sistema de liberdade natural”. A origem negativa do termo é um dos motivos pelos quais a discussão sobre o capitalismo necessita de um esclarecimento. Seja para…

Opinião: A reputação do capitalismo

por David Eduardo Luzetti Filho   “O caráter é como uma árvore e a reputação como sua sombra. A sombra é o que nós pensamos dela; a árvore é a coisa real” (Abraham Lincoln). O que é capitalismo? Não siga lendo este artigo sem antes pensar sobre esta pergunta. Afinal, é justamente sobre as falsas…

Sociopatia e ausência de caráter – características fundamentais para se ter sucesso na democracia

Por Diversos Autores Após toda a experiência democrática, o eleitorado já deveria reconhecer que, na melhor das hipóteses, elegerão incompetentes (e isso é tudo pelo que podemos torcer); na pior, escroques. No entanto, por piores que sejam os resultados, e por piores que sejam as consequências destes resultados, aquele ingênuo e constante mantra pró-democracia seguirá…

O básico sobre criação de riqueza e desigualdade de renda – e o que alguns seguem sem entender

Por Walter Williams Suponha que Paulo, Pedro e João se reúnam semanalmente para jogar pôquer.  E, em 75% das vezes, Paulo vence.  Pedro e João vencem, respectivamente, 15% e 10% das vezes. Simplesmente conhecer estes resultados dos jogos não nos permite dizer absolutamente nada sobre se houve ou não justiça e sensatez nos jogos.  As…