Quanto mais liberdade econômica, mais solidariedade e caridade – na teoria e na prática

Por André Pereira Gonçalves Um dos maiores lugares-comuns que ouvimos a respeito da solidariedade é que, sem o estado — ou seja, sem uma agência coerciva que obriga as pessoas a pagarem impostos, os quais serão imediatamente gastos em prol dos mais necessitados —, e sem essa redistribuição forçada de renda comandada pelos burocratas do…

A militarização da compaixão

Por Peter Boettke John Stuart Mill escreveu em seu livro Princípios da Economia Política que “o que frequentemente causa surpresa” em observadores “é a rapidez com que países se recuperam de um estado de devastação; o desaparecimento, em um curto período de tempo, de todos os sinais de prejuízos causados por terremotos, enchentes, furacões e a…

Ser individualista é ser contra a cooperação?

Por Charles W. Johnson Individualistas têm uma péssima reputação na política atual. Isso não deveria ser nenhuma surpresa; a política nos dias de hoje é dominada pela política eleitoral, e a política eleitoral é uma empreitada essencialmente anti-individualista. Em mercados livres e outras formas de associação voluntária, as pessoas que não conseguem concordar sobre o…

Sociopatia e ausência de caráter – características fundamentais para se ter sucesso na democracia

Por Diversos Autores Após toda a experiência democrática, o eleitorado já deveria reconhecer que, na melhor das hipóteses, elegerão incompetentes (e isso é tudo pelo que podemos torcer); na pior, escroques. No entanto, por piores que sejam os resultados, e por piores que sejam as consequências destes resultados, aquele ingênuo e constante mantra pró-democracia seguirá…

O coletivismo depende de líderes messiânicos

Por Ludwig Von Mises Segundo as doutrinas do universalismo, do realismo conceitual, do holismo e do coletivismo, a sociedade é uma entidade que vive sua própria vida, independente e separada das vidas dos diversos indivíduos, agindo por sua própria conta e visando a seus próprios fins, que são diferentes dos pretendidos pelos indivíduos. Assim sendo, é…

Os mercados precisam do governo?

Por diversos autores Introdução Os mercados precisam do governo? Praticamente todo economista acredita que sim. Até os pensadores mais libertários sustentam que os mercados necessitam do governo para estabelecer as regras das trocas no mercado e para impor essas regras. Como Milton Friedman disse, “o governo é essencial tanto como um foro para determinar as ‘regras do jogo’…

Problemas da Democracia

Por Frank Cunningham Nota: Esse artigo corresponde a uma parte do capítulo 2 da obra “Teorias da Democracia: Uma Introdução Crítica“. Pensar provisoriamente a democracia como o exercício do poder político no qual as políticas e os agentes encarregados de implementá-las sejam direta ou indiretamente determinados pela votação popular, deixa aberta a questão se esse…

Não se deixe educar pelo estado

Por Lew Rockwell Não é nenhuma coincidência que os governos de todos os países do mundo queiram estar no controle da educação das crianças.  Os serviços de educação fornecidos pelo aparato estatal supostamente devem ser vistos como uma evidência da bondade do estado e da preocupação de seus burocratas para com nosso bem-estar. Mas o…

A política, os políticos e as massas submissas a eles

Por Diversos Autores A cada dois anos escolhemos aqueles políticos locais e nacionais que imaginamos serem capazes de melhorar nossas vidas.  Os problemas que queremos que eles resolvam são exatamente os mesmos que eles previamente criaram na ânsia de tentar administrar e cuidar de nossas vidas. A maneira como eles se elegem é única: prometendo…