O funcionalismo público, a drenagem dos cérebros, e os efeitos deletérios sobre a iniciativa privada

Por Diogo Costa N. do E.: um dos principais motivos da queda do governo Dilma foi a desorganização das contas do governo.  As consequências do descalabro fiscal foram recessão, inflação alta, desemprego e desindustrialização. O atual governo havia prometido um maior compromisso com o equilíbrio orçamentário. A nomeação de Henrique Meirelles para o Ministério da…

O Coletivismo implícito do Minarquismo

Por Sidney Sylvestre Embora a frase pareça estranha, poucos liberais, durante toda história, foram realmente anti-coletivistas consistentes. Obviamente, esses pensadores não foram socialistas, nem fascistas, no entanto, muitos basearam certas defesas em pilares pantanosos, os mesmos pilares que geraram e geram os monstros que muitos deles combateram com louvor. Não é à toa que quando…

A única esperança para a liberdade está em uma descentralização política radical

Por Hans-Hermann Hoppe [Uma entrevista com Hans-Hermann Hoppe para o semanário polonês Najwyzszy Czas!] Qual é a avaliação que o senhor faz da Europa Ocidental atual e, particularmente, da União Europeia? Atualmente, todos os grandes partidos políticos da Europa Ocidental, independentemente dos seus diferentes nomes e programas partidários, estão essencialmente comprometidos com a mesma ideia:…

O funcionalismo público e seus sindicatos

Originalmente publicado em 25 de abril de 2011 Por Thomas DiLorenzo Um fenômeno em comum vem varrendo os EUA e alguns países da Europa: as três esferas de governo estão falidas ou à beira da falência.  O motivo?  Uma combinação entre monopólios estatais e sindicatos dos funcionários públicos.  Os sindicatos dos funcionários públicos possuem um…

Por que é preciso privatizar as estatais – e por que é preciso desestatizar as empresas privadas

Ubiratan Jorge Iorio e Leandro Roque “No Brasil, empresa privada é aquela que é controlada pelo governo, e empresa pública é aquela que ninguém controla.”  – Roberto Campos (1917-2001)   O saudoso Campos tinha razão. O Brasil é um país em que campeiam solene e impunemente o furor arrecadador, o cartório regulatório e as descomunais estatais. Basta um…

Multiculturalismo forçado é relativismo moral

Por Walter Williams O fracasso do multiculturalismo pode ser hoje testemunhado em tempo real na Alemanha, no Reino Unido, na França, na Dinamarca, na Suécia, na Bélgica e em outros países europeus. Imigrantes oriundos da África e do Oriente Médio, atraídos pelas promessas de benesses gratuitas e subsídios estatais, não apenas se recusam a se…

Serviços de defesa no livre mercado

Por Murray N. Rothbard [Este artigo foi extraído do primeiro capítulo do livro Power & Market.] Economistas já se referiram inúmeras vezes ao “livre mercado” como sendo um arranjo social contendo trocas voluntárias de bens e serviços. Mas, apesar desse tratamento pomposo, a análise que eles fazem do mesmo desconsidera as implicações mais profundas da…