A militarização da compaixão

Por Peter Boettke John Stuart Mill escreveu em seu livro Princípios da Economia Política que “o que frequentemente causa surpresa” em observadores “é a rapidez com que países se recuperam de um estado de devastação; o desaparecimento, em um curto período de tempo, de todos os sinais de prejuízos causados por terremotos, enchentes, furacões e a…

Privatizem o Mar

Por Guy Bentley Há algum exemplo melhor da incompetência do governo em administrar do que o estado atual da pesca no mundo? Uma combinação de subsídios, cotas e tragédia dos comuns desempenham seu papel no esgotamento do que deveria ser um dos recursos mais renováveis do planeta, a saber, as bilhões de espécies que existem…

Problemas da Democracia

Por Frank Cunningham Nota: Esse artigo corresponde a uma parte do capítulo 2 da obra “Teorias da Democracia: Uma Introdução Crítica“. Pensar provisoriamente a democracia como o exercício do poder político no qual as políticas e os agentes encarregados de implementá-las sejam direta ou indiretamente determinados pela votação popular, deixa aberta a questão se esse…

Nem de esquerda, nem de direita

Por Leonard Read [Nota do Editor: O artigo abaixo foi escrito em 1956.] “Mas vocês não são de esquerda, nem de direita!” Essa observação, feita após um discurso meu, foi apropriada e rara. Rara porque quase nunca ouço tal observação; e apropriada por demonstrar um entendimento correto. A maioria de nós parece estar sempre tentando…

Protecionismo é violência – cria uma reserva de mercado para os poderosos e empobrece os mais pobres

Por Iván Carrino Saio de casa e me dirijo ao supermercado.  A decisão de ir ao supermercado “A” em vez de ir a qualquer outro supermercado, quitanda ou mercearia está relacionada à comodidade oferecida pelo estabelecimento, aos preços ali praticados, à qualidade dos produtos e à variedade que consigo encontrar. No caminho, dois indivíduos me…

Como os socialistas deturpam a linguagem para conquistar corações, mentes e, é claro, o poder

Por Ludwig Von Mises Nota do Editor O grande Theodore Dalrymple certa vez disse o seguinte: Em meus estudos sobre as sociedades comunistas, cheguei à conclusão de que o propósito das propagandas feitas pelo regime não era persuadir ou convencer os cidadãos, nem tampouco informar; o propósito era humilhar.  Consequentemente, quanto menos a propaganda correspondesse…

A Amazônia é nossa?

Por Fernando Chiocca N.E.: Originalmente publicado em 10 de fevereiro de 2011 Para responder a esta pergunta é preciso antes definir três pontos: quem seríamos nós, o que é aAmazônia e o que significa possuir algo.  Para estabelecer o nós, vamos começar por determinar o que entenderemos por Amazônia.   A Floresta Amazônica é o segundo…